Dr. WALTER DOUGLAS DAL MAS

Livro Auriculoterapia e Auriculomedicina na Doutrina Brasileira (2004), editora Roca

Desde 1979

Furo na orelha

Autor

Professor

39 anos de experiência em acupuntura Independentemente da escolha que fizermos, bem estar e saúde devem ser prioridade. Ao optarmos por realizar o furo é imprescindível que medidas de segurança e higiene sejam tomadas antes e depois do procedimento. Procurar um profissional especialista em acupuntura, auriculoterapia e auriculomedicina é a melhor maneira de assegurar a correta execução dos passos necessários para realização do furo, garantindo a segurança do bebê, evitando infecções e perda energética no local. Pós graduação (IBEHE / SP) Pós graduação (UNEB / BA) Graduado (UNISA / SP)

Como as orelhas

são furadas?

Antes da colocação dos brincos os pais tiram suas dúvidas e recebem toda a orientação dos cuidados pós furo. O procedimento é iniciado com as medidas de segurança necessárias, como esterelização do brinco e assepsia da orelhinha do bebê. Após isto, é utilizado um toboscópio computadorizado para identificar o ponto neutro. Este é o local exato onde é feita a perfuração para evitar que ocorra um defict energético.

Dr. WALTER

 

O brinco precisa ser esterelizado em autoclave, como é exigência da Vigilância Sanitária. Devido à isso o procedimento não pode ser realizado em domicilio, pois não há como fazer a esterilização de maneira adequada e segura. Não existe idade mínima nem ideal para realizar o furo. Nesta clínica o brinco é auto-clavado e, contanto que o lóbulo da orelha seja maior do que 1,0 cm, o procedimento pode ser realizado. Tem mais alguma dúvida? Mande um e-mail para dobbe@ig.com.br que o Dr. Walter irá responder pessoalmente suas perguntas.

O que é o ponto

neutro?

O bebê sente dor com o

procedimento?

Dr. Walter faz furo

em domicílio?

Qual a idade mínima

recomendada?

Por que furar no

ponto neutro?

Dúvidas frequentes

Qual o brinco

ideal?

As orelhas são microssistemas que possuem ligações com o corpo. Cada local corresponde à uma área ou órgão específico de nosso corpo. O ponto neutro é o local que não está interligado à nenhuma região crítica, ou seja, um local neutro. Além de passar a mais moderna pomada anestésica do mercado (com dois tipos anestésicos), é identificado com o toboscópio o local que não possui nervos nem veias, fazendo com que a criança sinta somente a pressão para furar. Choros normalmente estão relacionados ao estado emocional da criança e à confiabilidade que os pais passam a ela. Ao perfurar pontos da orelha, é possível que ocorra uma desarmonia na região correspondente do corpo. Dores de cabeça, dores de garganta etc podem ser causadas por um furo no lugar errado. Por isso um ponto neutro é sempre o local mais indicado. Os brincos de ouro maciço são os mais indicados por apresentarem menor risco de infecções ou reações alérgicas à criança. O ideal é que sejam pequenos e arredondados. Verifique passando um algodão seco sobre eles e caso não enrosque é possível utilizá-los. Não são aconselhados brincos de pontas, com rosca e nem muito pesados.

ACUPUNTURA

FURO NA ORELHA DE BEBÊS, CRIANÇAS E ADULTOS

DIAGNÓSTICO ENERGÉTICO

Quer fazer o furo

na orelha?

Para fazer o furinho na orelha não é necessário agendamento de consulta. O Dr. Walter atende diariamente em dois endereços e recebe os pacientes por ordem de chegada, Acesse o menu no canto superior esquerdo desta página para checar os dias e horários de atendimento. Consultório Móoca Rua da Móoca, 2518 cj. 52 (11) 2693-1333 Consultório Água Branca Praça Tomás Morus, 81 cj. 304 (11) 3872-7279
Livro Auriculoterapia e Auriculomedicina na Doutrina Brasileira (2004), editora Roca 39 anos de experiência em acupuntura Independentemente da escolha que fizermos, bem estar e saúde devem ser prioridade. Ao optarmos por realizar o furo é imprescindível que medidas de segurança e higiene sejam tomadas antes e depois do procedimento. Procurar um profissional especialista em acupuntura, auriculoterapia e auriculomedicina é a melhor maneira de assegurar a correta execução dos passos necessários para realização do furo, garantindo a segurança do bebê, evitando infecções e perda energética no local. Pós graduação (IBEHE / SP) Pós graduação (UNEB / BA) Graduado (UNISA / SP) Antes da colocação dos brincos os pais tiram suas dúvidas e recebem toda a orientação dos cuidados pós furo. O procedimento é iniciado com as medidas de segurança necessárias, como esterelização do brinco e assepsia da orelhinha do bebê. Após isto, é utilizado um toboscópio computadorizado para identificar o ponto neutro. Este é o local exato onde é feita a perfuração para evitar que ocorra um defict energético. O brinco precisa ser esterelizado em autoclave, como é exigência da Vigilância Sanitária. Devido à isso o procedimento não pode ser realizado em domicilio, pois não há como fazer a esterilização de maneira adequada e segura. Não existe idade mínima nem ideal para realizar o furo. Nesta clínica o brinco é auto-clavado e, contanto que o lóbulo da orelha seja maior do que 1,0 cm, o procedimento pode ser realizado. Tem mais alguma dúvida? Mande um e-mail para dobbe@ig.com.br que o Dr. Walter irá responder pessoalmente suas perguntas. As orelhas são microssistemas que possuem ligações com o corpo. Cada local corresponde à uma área ou órgão específico de nosso corpo. O ponto neutro é o local que não está interligado à nenhuma região crítica, ou seja, um local neutro. Além de passar a mais moderna pomada anestésica do mercado (com dois tipos anestésicos), é identificado com o toboscópio o local que não possui nervos nem veias, fazendo com que a criança sinta somente a pressão para furar. Choros normalmente estão relacionados ao estado emocional da criança e à confiabilidade que os pais passam a ela. Ao perfurar pontos da orelha, é possível que ocorra uma desarmonia na região correspondente do corpo. Dores de cabeça, dores de garganta etc podem ser causadas por um furo no lugar errado. Por isso um ponto neutro é sempre o local mais indicado. Os brincos de ouro maciço são os mais indicados por apresentarem menor risco de infecções ou reações alérgicas à criança. O ideal é que sejam pequenos e arredondados. Verifique passando um algodão seco sobre eles e caso não enrosque é possível utilizá-los. Não são aconselhados brincos de pontas, com rosca e nem muito pesados. Para fazer o furinho na orelha não é necessário agendamento de consulta. O Dr. Walter atende diariamente em dois endereços e recebe os pacientes por ordem de chegada, Acesse o menu no canto superior esquerdo desta página para checar os dias e horários de atendimento. Consultório Móoca Rua da Móoca, 2518 cj. 52 (11) 2693-1333 Consultório Água Branca Praça Tomás Morus, 81 cj. 304 (11) 3872-7279
Livro Auriculoterapia e Auriculomedicina na Doutrina Brasileira (2004), editora Roca 39 anos de experiência em acupuntura Independentemente da escolha que fizermos, bem estar e saúde devem ser prioridade. Ao optarmos por realizar o furo é imprescindível que medidas de segurança e higiene sejam tomadas antes e depois do procedimento. Procurar um profissional especialista em acupuntura, auriculoterapia e auriculomedicina é a melhor maneira de assegurar a correta execução dos passos necessários para realização do furo, garantindo a segurança do bebê, evitando infecções e perda energética no local. Pós graduação (IBEHE / SP) Pós graduação (UNEB / BA) Graduado (UNISA / SP) Antes da colocação dos brincos os pais tiram suas dúvidas e recebem toda a orientação dos cuidados pós furo. O procedimento é iniciado com as medidas de segurança necessárias, como esterelização do brinco e assepsia da orelhinha do bebê. Após isto, é utilizado um toboscópio computadorizado para identificar o ponto neutro. Este é o local exato onde é feita a perfuração para evitar que ocorra um defict energético. O brinco precisa ser esterelizado em autoclave, como é exigência da Vigilância Sanitária. Devido à isso o procedimento não pode ser realizado em domicilio, pois não há como fazer a esterilização de maneira adequada e segura. Não existe idade mínima nem ideal para realizar o furo. Nesta clínica o brinco é auto-clavado e, contanto que o lóbulo da orelha seja maior do que 1,0 cm, o procedimento pode ser realizado. Tem mais alguma dúvida? Mande um e-mail para dobbe@ig.com.br que o Dr. Walter irá responder pessoalmente suas perguntas. As orelhas são microssistemas que possuem ligações com o corpo. Cada local corresponde à uma área ou órgão específico de nosso corpo. O ponto neutro é o local que não está interligado à nenhuma região crítica, ou seja, um local neutro. Além de passar a mais moderna pomada anestésica do mercado (com dois tipos anestésicos), é identificado com o toboscópio o local que não possui nervos nem veias, fazendo com que a criança sinta somente a pressão para furar. Choros normalmente estão relacionados ao estado emocional da criança e à confiabilidade que os pais passam a ela. Ao perfurar pontos da orelha, é possível que ocorra uma desarmonia na região correspondente do corpo. Dores de cabeça, dores de garganta etc podem ser causadas por um furo no lugar errado. Por isso um ponto neutro é sempre o local mais indicado. Os brincos de ouro maciço são os mais indicados por apresentarem menor risco de infecções ou reações alérgicas à criança. O ideal é que sejam pequenos e arredondados. Verifique passando um algodão seco sobre eles e caso não enrosque é possível utilizá-los. Não são aconselhados brincos de pontas, com rosca e nem muito pesados. Para fazer o furinho na orelha não é necessário agendamento de consulta. O Dr. Walter atende diariamente em dois endereços e recebe os pacientes por ordem de chegada, Acesse o menu no canto superior esquerdo desta página para checar os dias e horários de atendimento. Consultório Móoca Rua da Móoca, 2518 cj. 52 (11) 2693-1333 Consultório Água Branca Praça Tomás Morus, 81 cj. 304 (11) 3872-7279